O nosso Djarfogu virtual almeja ser o ponto de encontro de foguenses e amigos di Nós Stimadu Djarfogu independentemente da simpatia político-ideológica, credo ou outro elemento que nos possa diferenciar neste rico, maravilhoso e latente universo cultural foguense que se estende de Ladjeta, tâ pasâ pa Praia, Europa, tê Merka.
mais

Participe e dê o seu contributo nos debates deste Fórum.

entrar

Qual é a sua opinião sobre a ideia do Projecto Portal da Ilha do Fogo?
 
Missa homenagem a Cesária Évora em Paris contou com mais de quatrocentos pessoas criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
Classificação: / 0
FracoBom 
Escrito por AB   
23-Jan-2012

Conforme avançou a Inforpress, mais de 400 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, juntaram-se ontem, 23, na igreja de Nossa Senhora de Fátima em Paris para uma missa de homenagem à cantora cabo-verdiana Cesária Évora, que morreu em dezembro.

cesria_vora.jpg

A homenagem foi organizada pela Câmara de Paris, cidade que abriu à cantora as portas para 20 anos de palcos, em conjunto com associações da comunidade cabo-verdiana.

Em momento algum pararam de chegar pessoas e Cabo Verde encheu os bancos da igreja dos cristãos de língua portuguesa em Paris para recordar Cesária, cantou e fez soar batuques.

Ainda conforme avança a mesma fonte, no início da missa, o padre Nuno Aurélio, reitor do santuário, invocou a mulher "que se tornou símbolo do seu povo e que pela arte procurou mostrar a beleza".

Entre a multidão estavam familiares da cantora, representantes da embaixada de Cabo Verde em França, o vice-presidente da comissão para a Cultura e as Relações Internacionais da Câmara de Paris, Hermano Sanches Ruivo, o produtor de Cesária Évora em França, José da Silva, as cantoras cabo-verdianas Mayra Andrade e Mariana Ramos e o cantor Izé Teixeira.

No final de mais de uma hora de celebração, o adido cultural da embaixada, David Leite, falou, em francês, junto ao retrato de Cesária: "Queremos assinalar hoje quanta falta ela nos faz, o vazio que deixou no nosso coração, a saudade que sentimos, e que ela cantou melhor do que ninguém", afirmou.

A Câmara de Paris anunciou na sexta-feira que vai trabalhar na possibilidade de atribuir a um espaço num jardim da cidade o nome da "diva da morna".

Recorda-se que Cesária Évora morreu a 17 de dezembro, em São Vicente, Cabo Verde, aos 70 anos.  
 
 


Investir na Ilha do Fogo


Consulte aqui o seu email: nome@fogo.cv

entrar

Publicite aqui
Publicite aqui
Publicite aqui

copyright © 2017 Portal da Ilha do Fogo
Home