segunda-feira, 10 agosto 2020

A Artigos

Relacionamento e suas rotinas nas redes – Por Uemerson Florêncio*

Para muitas pessoas o mundo está estranho e sem sentido, está frio e sem emoções, entre curtidas e compartilhamentos de status nas redes sociais, muitos estão perdendo a oportunidade de estar consigo mesmo apresentando imagens que até sonham, mas não vivem.

Por estarem afastados daqueles momentos que são tão singulares para muitos seres humanos, como sair, se encontrar com amigos e sorrir à vontade sem compromisso. Bem como, brincar de viver entre um papo agradável, dar largas gargalhadas agradáveis desfrutando da suave e serena presença daquelas pessoas que não vemos todos os dias. Isso é viver parte das alegrias que se encontra dentro de si mesmo.

Se o começo e a rotina são virtuais – a vida real será sempre um desafio, por não conhecer os detalhes dos fatos que formam o caráter daquela pessoa que você se apaixonou a partir de uma sequência de fotos num perfil.

Alguns estão em conflitos consigo mesmo, por conta do esfriamento de algumas relações, entre elas, destaca-se a amorosa. Nada contra a existência das redes sociais ou outros aplicativos, mas muitos homens e mulheres tem reclamado da falta de uma pessoa que possa preencher os vazios emocionais. Mas seria uma outra pessoa que preencheria realmente você mesmo? Muitos se perdem e põem a vida parcialmente ou totalmente nas redes sociais, e por isso, têm perdido a oportunidade em conhecer pessoas reais.

Se o começo e a rotina são virtuais – muitos problemas de comportamentos não serão enxergados e o tarde demais pode lhe surpreender hoje.

Através de uma foto de perfil, muitas pessoas se passam, se enganam, outras enganam mesmo. Vivem disso, iludir e brincar com os sentimento uns dos outros. Daí, há pessoas com carências reais, muitas pessoas que caem nesta armadilha e vivem na esperança de poder encontrar uma pessoa que possa mudar a sua vida. 

Se o começo e a rotina são virtuais – não haverão momentos plenos para sorrir sem motivo, viverá cercada de “emotions”, diversos “likes” e “kkkk...” a vida não é só constituída por estas carinhas, afinal, na maioria das vezes a pessoa nem sempre está sorrindo de verdade para você, faz isso, por mera força do hábito.

Muito bem, alguns agendam encontros como casais que vem da rede, daí, saem para um lazer e mal sentam a mesa, pegam os seus celulares e voltam as suas conexões. Logo, o que não seria diferente, o vazio entre em cena: duas pessoas, dois celulares, os desinteresses se manifestam. Bem, vão a uma pizzaria, o cardápio chega e mal conseguem olhar para o atendente que apresenta o cardápio com as opções de pizzas.

Se o começo e a rotina são virtuais – é possível que uma das partes possa ter a mesma atitude que teve contigo, ter com outras ou outros.

Finalmente, a pizza chega e estas pessoas supostamente casal, mal se olham, mal sentem o sabor do que se leva a boca, nem o cheio percebem de tão presos as suas redes sociais. Se estas pessoas se permitissem ao menos olhar um nos olhos do outro, disputar o primeiro ou a última fatia da pizza, sorrir, viveriam bem mais intensamente o momento que tão breve, tornaria inesquecível.

Então, porque reclamar tanto de um relacionamento que você optou iniciar por conta da aparência, as curvas corporais, moda fit ou os bens aparentes que o outro tanto exibia para lhe atrair nos álbuns da rede? Quer a real? VOCÊ ESTÁ ONDE VOCÊ SE COLOCOU E ONDE VOCÊ MERECE! Quer sair desta realidade, adote novas posturas e comece por valorizar o que cada pessoa traz dentro de si mesmo, e você só fará bem isso, se você se permitir conhecer um pouco mais de perto, ao vivo. Se tem riscos? Tem, mas serão menores se você tiver paciência para enxergar o outro além das aparências, além das suas vaidades ou desejos egoísticos e convenientes.

*Uemerson Florêncio – Relações Públicas, Analista em inteligência das emoções, empreendedor, palestrante, profissional de marketing pela escrito para 5 países de língua portuguesa. Disponível para viagem em todo o Brasil.

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)