O nosso Djarfogu virtual almeja ser o ponto de encontro de foguenses e amigos di Nós Stimadu Djarfogu independentemente da simpatia político-ideológica, credo ou outro elemento que nos possa diferenciar neste rico, maravilhoso e latente universo cultural foguense que se estende de Ladjeta, tâ pasâ pa Praia, Europa, tê Merka.
mais

Participe e dê o seu contributo nos debates deste Fórum.

entrar

Qual é a sua opinião sobre a ideia do Projecto Portal da Ilha do Fogo?
 
Projecto MCA criar PDF versão para impressão enviar por e-mail

 

Não é possível falar em desenvolver a agricultura, se não tivermos em conta os recursos hídricos disponíveis. Assim, no âmbito deste programa, as diferentes formas de mobilização de água constituem a primeira prioridade, aliada à sua gestão e utilização de forma eficaz e eficiente, recorrendo às novas tecnologias de rega, como a micro-irrigação. 

Objectivos Geral:

Aumento da produção agro-pecuária nas zonas de intervenção 

Específicos: 

 – Gestão sustentada de solos e água, isto é, gestão integrada dos recursos naturais para um melhor aproveitamento dos recursos hídricos, mobilização, armazenamento e distribuição de água.

 -Desenvolvimento da capacidade produtiva nas zonas de intervenção e valorização da produção agrícola. Dentro destes objectivos acções importantes serão desenvolvidas ao longo do projecto, serão criadas as condições para garantir, disponibilizar e facilitar o acesso aos factores de produção. Reforço das condições de acesso e de implementação das novas tecnologias para melhorar a produção. 

-Promoção e fomento de outras actividades geradoras de rendimento e auto-emprego (pequenas industrias de transformação e de confecções, comércio informal, artesanato, turismo rural, etc.

-Construção e equipamento das infra-estruturas de, acondicionamento, armazenamento, distribuição com controlo da qualidade dos produtos agrícolas.

-Reforço da capacidade financeira dos parceiros. Serão criadas condições de acesso ao capital financeiro e crédito em condições atraentes e sustentável. 

O Concelho dos Mosteiros situado a noroeste da Ilha do Fogo, será a zona de intervenção do projecto. Este é um Projecto financiado pelo Programa MCA no valor de 253 mil contos,  por um período compreendido entre 2007 – 2009. De uma forma geral pode-se dizer que a ilha não tem uma tradição em cultura irrigada, para se ter  uma ideia o Concelho dos Mosteiros tem uma área irrigada de cerca de 1,3 hectares. Todavia é de realçar que a zona baixa dos Mosteiros tem grandes potencialidades para desenvolver a cultura irrigada desde que haja disponibilidade de água a preços compensatórias. 

Principais actividades 

- Infra-estruturas mecânicas e biológicas de conservação de solo e água:

Construção de 7 diques para correcção torrencial.

Construção de 4 diques  de capacitação.

Construção de 80 pequenos diques filhantes.

Construção de 4 reservatórios de 200m3.

Construção de 4 reservatórios de 500m3.

Construção de 1 reservatório de 1000m3.

Construção e equipamento de estações a meio percurso, para bombagem de água a partir dos furos.

Aquisição e colocação de 8000m de tubos e acessórios.

Realização de 5 furos de controlo.

Realização de 2 furos de exploração exclusivamente para rega 

Execução prática

 Instalação de 10ha de hortícolas com sistema de irrigação gota-a-gota.

Promoção de 20ha em frutícola nas zonas húmidas e semi-húmidas  com rega de compensação.

Produção de plantas fruteiras de variedades melhoradas.

Construção e equipamento de um interposto de embalagem e conservação de produtos agrícolas em S.    Filipe, com instalação de frio.

Construção e equipamento de uma unidade de transformação de frutas, legumes e leguminosas. construção e equipamento de um centro de controlo de qualidade e certificação de produtos 

Área da produção animal

Serão concedidas créditos para construção de pocilgas familiares, estábulos para bovinos e caprinos. 

Pesquisa / desenvolvimento e extensão:

implementação e seguimento técnico de parcelas de demonstração de novas técnicas de produção hortícola, assim como os apoios técnicos nessas duas áreas. Portanto para que tudo isso se “consolide” o centro de extensão rural de Rª Ilhéu , irá ser equipado com, televisão, vídeo, aparelho fotográfico digital, datashow, secretárias, mesas, cadeiras, estantes, mini-biblioteca, etc. Pois pode-se dizer que é um projecto com a cara do Djarfoguense, homens e mulheres que tem sofrido para transformar a natureza e poder ter o ganha pão no dia-a-dia.

Resumido por Manuel Amado

Fonte MAA

 


Investir na Ilha do Fogo


Consulte aqui o seu email: nome@fogo.cv

entrar

Publicite aqui
Publicite aqui
Publicite aqui

copyright © 2017 Portal da Ilha do Fogo
Home