O nosso Djarfogu virtual almeja ser o ponto de encontro de foguenses e amigos di Nós Stimadu Djarfogu independentemente da simpatia político-ideológica, credo ou outro elemento que nos possa diferenciar neste rico, maravilhoso e latente universo cultural foguense que se estende de Ladjeta, tâ pasâ pa Praia, Europa, tê Merka.
mais

Participe e dê o seu contributo nos debates deste Fórum.

entrar

Qual é a sua opinião sobre a ideia do Projecto Portal da Ilha do Fogo?
 
Comemora-se hoje 20 anos de criação do Município dos Mosteiros criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
Classificação: / 0
FracoBom 
Escrito por AB   
20-Mar-2012

O Município dos Mosteiros, na ilha do Fogo, celebra hoje, 20, o vigésimo aniversário da sua criação. Conforme o autarca, a data vai ser celebrada com sessão especial, no Auditório Municipal Pedro Pires localizada na Vila da Igreja.

mosteiros3.jpg

A edilidade vai aproveitar a ocasião para assinar contratos com as associações das zonas altas, nomeadamente Cutelo Alto, Pai António e Feijoal, para levar água potável a essas localidades. A data é assinalada também com o lançamento da primeira pedra para a execução de três reservatórios de água de 50 metros cúbicos cada.

O presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros, Fernandinho Teixeira, em entrevista ao asemanaonline, afirmou que “Mosteiros de hoje é totalmente diferente, pela positiva, em todos os domínios: social, económico e político”.

O autarca considera que, após a independência, o maior acontecimento verificado em Cabo Verde foi o surgimento do poder local: "Veio dar voz e vez às populações locais". E adianta que a criação do município permitiu desenvolver sectores como a educação, saúde, desporto, infra-estruturação, agricultura e turismo".

Entretanto, o edil reitera que o município ainda não alcançou a meta desejada, que satisfaça todos os mosteirenses, referindo-se às duas das maiores reivindicações dos locais, que passam pela reabertura do aeródromo e a construção do Porto de Baía do Corvo. É que no entender de Fernandinho, as duas infra-estruturas constituem pilares que consolidam o processo de desenvolvimento da ilha do Fogo e em particular dos Mosteiros.

"Trata-se de infra-estruturas prioritárias para o concelho, auspiciosas para a economia local, nomeadamente no escoamento dos produtos agrícolas e no fomento do comércio local. Constitui um factor de promoção do sector das pescas e do turismo", realça o timoneiro mosteirense.

Lourenço Lopes: "falta visão"

Opinião idêntica tem o deputado MpD para o Fogo e vice-coordenador do partido na ilha, Lourenço Lopes. "A criação do município foi um momento memorável para todos os mosteirenses". Lopes diz que o MpD orgulha-se de ter sido o mentor e defensor da descentralização político-administrativa em Cabo Verde.

Mas critica e vai dizendo que os vinte anos que já se passaram foram marcados pela "falta de vontade política quanto à definição de uma visão estratégica de desenvolvimento de um dos territórios com maiores potencialidades no arquipélago".
Para aquele deputado é incompreensível que, 40 anos depois, Mosteiros não beneficie das ligações aéreas e marítimas com que contava nos anos 70.

Lourenço pontua algumas áreas que considera centrais para o processo de desenvolvimento do concelho e da ilha, nomeadamente a agricultura e o turismo. "Estes dois sectores devem ser encarados como fulcrais do desenvolvimento do concelho e da ilha", afirma Lourenço Lopes.
 
Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley
Smiley

Copyright 2007. All Rights Reserved.
busy
 
 


Investir na Ilha do Fogo


Consulte aqui o seu email: nome@fogo.cv

entrar

Publicite aqui
Publicite aqui
Publicite aqui

copyright © 2017 Portal da Ilha do Fogo
Home